Réveillon

Hoje é 1º de julho. Ontem devia ter sido Réveillon. A gente devia ter tomado champagne, pulado 7 ondas, escondido semente de romã na carteira, cantado “que tudo se realize, no ano que vai nascer” e estourado muito rojão.

Porque o primeiro semestre foi foda, pra se dizer o mínimo. Crise mundial, Gripe mundial, Airbus caindo no mundo todo, comoção mundial com a morte do Rei do Pop. Tudo bem que a gente se acostuma com tanta tragédia, mas 2009 tá pegando pesado.

A distância não protege mais ninguém, não adianta querer fugir. A crise que começou nos EUA já me fez perder colegas de trabalho e dinheiro. Já conheço gente que teve que ficar isolada em casa, com suspeita da gripe que começou lá no México. Tive que correr atrás da lista de passageiros do Air France 447, porque tinha um sobrenome conhecido – que no final nem era parente.

(E isso não é nhém-nhém-nhém, é fato. Só estou me usando como exemplo, porque não posso me processar por injúria, calúnia e difamação.)

Adeus ano velho, feliz ano novo. Vamos parar de falar em crise e trabalhar. Vamos deixar os mortos em paz e aproveitar os vivos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s